Vice do COI afasta dúvidas sobre os Jogos: “meu instinto sente que vamos ter Olimpíadas sim”

Esportes


31/7/2020 - A pouco menos de um ano para a realização das Olimpíadas de Tóquio, muitas incertezas persistem devido à evolução da pandemia do coronavírus. É possível garantir um ambiente seguro para os Jogos ? Vice-presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) e presidente da Comissão de Avaliação do COI para os Jogos de Tóquio, o australiano John Coates afasta as dúvidas e confia que as Olimpíadas vão ter a abertura no dia 23 de julho de 2021.
“Devemos aos atletas garantir que as Olimpíadas aconteçam e uma geração de atletas não perca a oportunidade de participar dos Jogos. Estou trabalhando muito nisso, e meu instinto sente que vamos ter Olimpíadas sim”, disse John Coates, em entrevista à agência de notícias “Reuters”.

O COI e o Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio trabalham para replanejar tudo depois do adiamento das Olimpíadas para 2021. Todas as instalações tiveram contratos renovados, mas ainda há muitas perguntas sem respostas.  Uma delas é: como garantir que os Jogos não se tornem um epicentro de disseminação do coronavírus ? A ausência de torcedores é apontada pelo COI como última alternativa.

“A torcida é uma parte importante disso, e está muito no nosso planejamento manter a torcida”, disse John Coates.
Além de lidar com o coronavírus, Tóquio precisa equilibrar as finanças. Especialistas estimam que o valor adicional provocado pelo adiamento dos Jogos gire em torno de US$ 2,7 bilhões (mais de R$ 14 bilhões na cotação atualizada). Assim, o custo total das Olímpiadas pode ultrapassar os US$ 16 bilhões (mais de R$ 83 bilhões). Por isso, o Comitê Organizador propôs 200 medidas para simplificar os Jogos.

“Nem todas serão adotadas, porque temos que garantir que elas não afetem atletas e esportes e que sejam aceitáveis para os dois lados, mas estamos trabalhando com essas medidas”, disse John Coates.

Para o vice-presidente do COI, essa simplificação dos Jogos proposta por Tóquio deve se tornar um padrão para as próximas edições das Olimpíadas. A “Agenda 2020” do COI prevê a diminuição dos custos e da magnitude dos Jogos.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade