Trânsito Município terá ações educativas até o próximo mês de novembro

Geral


No País, a Semana Nacional do Trânsito começou na terça-feira, dia 18, prosseguindo até o próximo dia 25. Em Tupã, as atividades voltadas para conscientização no trânsito serão iniciadas no dia 25, terça-feira que vem, momento em que serão encerradas as programações pelo País. 
O secretário Municipal de Educação, Mauro Guerra Eduardo, destacou, porém, que ações sobre a conscientização do trânsito, em Tupã, acontecerão até o mês de novembro. “Ações pontuais não resolvem os problemas com a falta de educação no trânsito”, afirmou.
O secretário explicou que as atividades sobre o ensino de trânsito ocorrerão nas escolas municipais. “A prefeitura contará com o apoio de diversos parceiros da sociedade, ampliando as ações educativas”, ressaltou.
As atividades contarão com apoio do Poder Executivo, Poder Legislativo, Secretaria Municipal de Educação em conjunto com o Conselho Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Cultura, Secretaria Municipal da Juventude, Secretaria Municipal de Obras com o Departamento de Trânsito, Polícia Militar, Polícia Civil, Tiro de Guerra, participação das Faculdades Faccat, Fadap/Fap, Universidade Brasil e Univesp, além de alunos das escolas estaduais, Centro Paula Souza, Instituto Federal e Cenaic. “O evento terá o apoio da empresa Centro Norte Sinalização, que auxiliará na confecção de faixas, panfletos e adesivos”, ressaltou o secretário.
Eduardo disse que o lançamento oficial da campanha  será no dia 25 de setembro. O lançamento contará com atividades na Avenida Tamoios e nas escolas municipais. “A ideia é não fazer atividades educativas no trânsito apenas no dia nacional do trânsito ou na semana”, afirmou. “O programado é estender estas ações para além do mês de setembro, promovendo ações educativas no trânsito com as crianças das escolas municipais, com os adolescentes das escolas estaduais e técnicas e jovens das faculdades também nos meses de outubro e novembro, em dias e horários de grande movimento de trânsito”, explicou.
O secretário explicou que as ações serão realizadas com a participação de alunos, por meio da entrega de panfletos nas ruas e mobilização no trânsito.
 
Problemas
 
De acordo com o secretário, o maior problema do trânsito brasileiro “é a má educação, o desamor ao próximo, e o pensar em si mesmo”, ao tentar ganhar milésimos de segundos no trânsito. 
 
Por conta disso, Eduardo destacou que a campanha educativa deve envolver o maior número de pessoas e instituições. “Se não houver união de todos, de forma muito séria em favor da educação em nosso município, poderemos ter grandes problemas em nossa sociedade em futuro próximo”, enfatizou.
O secretário destacou que a união entre os poderes Executivo e Legislativo, e unidades educacionais do município e empresas pode trazer resultados positivos. “A ideia é aumentar a cada ano as ações educativas, pois sabemos que mudanças de atitudes não acontecem da noite para o dia”, ressaltou.
 
 
Ações
 
O Dia Nacional do Trânsito é comemorado em 25 de setembro. A data está inserida na Semana Nacional do Trânsito, que ocorre anualmente entre 18 e 25 de setembro. A ação tem por objetivo o desenvolvimento da conscientização social sobre os cuidados básicos que todo motorista e pedestre devem ter no trânsito.
O Dia Nacional do Trânsito foi instituído a partir da criação do Código de Trânsito Brasileiro, em setembro de 1997.
O secretário destacou que o Brasil é um dos países com mais acidentes de trânsito, nos quais morrem por ano cerca de 40 mil pessoas. “É essencial o ensino de atitudes de respeito, precaução e responsabilidade no trânsito, para que as estatísticas alarmantes de acidentes nas estradas possam mudar”, afirmou.
Eduardo destacou que as Secretarias Municipais de Educação, de Cultura e de Planejamento realizaram,  em 2017, como parte da comemoração ao Dia Nacional do Trânsito, a campanha  “Pé na Faixa, Pé no Freio”, para conscientizar motoristas e pedestres da importância do respeito às leis de trânsito e do trânsito seguro. “O grande objetivo foi educar as crianças das escolas municipais de forma prática e, com isso, educar também os adultos, pois as crianças aprendem e cobram uma atitude correta dos familiares”, disse.
 
No ano de 2017, os alunos das escolas municipais, com apoio da Policia Militar, Polícia Civil, bombeiros e agentes municipais de trânsito, realizaram paradas em diversos pontos da cidade, com faixas e muita alegria, e entregaram panfletos  para motoristas e pedestres, mostrando a importância do respeito à faixa de pedestres. “Temos que entender que no trânsito não basta a repressão por meio de multas, precisamos educar e propagar as boas práticas de respeito ao próximo”, concluiu Eduardo.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias