São Paulo é campeão do 1.º turno do Brasileirão

Esportes


No final de semana encerrou-se o primeiro turno da Série A do Campeonato Brasileiro com a realização da 19.ª rodada (última). Vários clubes venceram fora de seus domínios, ocorrendo também resultados surpreendentes.
O SÃO PAULO atuou no Estádio do Morumbi, ontem, às 19 horas, e venceu a Chapecoense por 2 a 0. Com o resultado, o time sãopaulino sagrou-se campeão do primeiro turno e segue na liderança do Campeonato Brasileiro com   41 pontos ganhos. O Internacional de Porto Alegre é o vice-líder com 38 pontos, o Flamengo, 3.º colocado, com 37 e o Grêmio de Porto Alegre, 4.º, com 36.
Logo a 3 minutos do primeiro tempo o São Paulo fez 1 a 0 com gol do meio-campista Shaylon. Parecia que o tricolor paulista iria pressionar mais e aumentar o placar. Ledo engano. A equipe de Chapecó teve maior domínio de bola, mas pouco finalizou à gol. Em duas vezes que o fez, levou perigo ao goleiro Sidão: aos 25 minutos o zagueiro Bruno Alves evitou arremate de Diego Torres desviando a escanteio, e aos 39' Wellington Paulista quase empatou após jogada de Canteros.
No segundo tempo a Chapecoense se lançou ao ataque em busca do empate, mas sem criar oportunidades claras para fazer o gol. O São Paulo, por sua vez, levou perigo nos avanços ao ataque. E aos 37 minutos, o médio volante Hudson anotou um golaço ao receber passe de Rojas, que entrou bem no jogo: 2 a 0. Os sãopaulinos fizeram a festa no bom momento do tricolor. O jogo foi presenciado por 41.075 torcedores.
O SANTOS, abrindo a rodada no sábado, às 16 horas, no Estádio da Vila Belmiro, respirou na luta para fugir da zona de rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro.
Recebido com sal grosso por seus torcedores na chegada à Vila Belmiro, o time do técnico Alexi Stival “Cuca” teve casa cheia e goleou o Sport Recife por 3 a 0.

Empurrado pela torcida, o Santos conseguiu inaugurar o marcador logo a 1 minuto e 40 segundos com gol de Eduardo Sasha. O treinador do Peixe deixou vários titulares no banco e entrou em campo com cinco mudanças, utilizando os novos contratados gringos Bryan Ruiz, Carlos Sánchez e Derlis González e também contou com o retorno do atacante Eduardo Sasha, recuperado de contusão.
No segundo tempo, depois que o meio-campista uruguaio Carlos Sánchez desperdiçou grande chance de marcar aos 10 minutos, o atacante Rogério, do Sport Recife, foi expulso de campo aos 12', após cometer falta no paraguaio Derlis González.
Durante o segundo tempo, o técnico Cuca lançou mão de três titulares: Diego Pituca, Bruno Henrique e o garoto Rodrygo.
Embalado pelas alterações, o Santos marcou mais dois gols: aos 36 minutos com Rodrygo depois de cruzamento de Derlis González e aos 39' num arremate do lateral direito Victor Ferraz. A renda atingiu R$ 185.210,50, com 10.991 pagantes.
Amanhã, às 21h45min, pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América, o Santos volta a campo para enfrentar o tradicional Independiente, em Avellaneda, na Argentina.
O PALMEIRAS voltou a ganhar como visitante pelo Campeonato Brasileiro ontem, às 16 horas, no Estádio Manoel Barradas, o “Barradão”, em Salvador. Com o centroavante Deyverson inspirado, o time alternativo armado pelo técnico Luiz Felipe Scolari goleou o Vitória da Bahia por 3 a 0 e triunfou longe de casa após série de quatro jogos (três empates e uma derrota).

O Verdão mandou no jogo desde o início e conseguiu inaugurar o marcador logo aos 10 minutos com o atacante Deyverson. O time alviverde manteve a superioridade e ampliou a vantagem aos 28 minutos novamente com Deyverson, de cabeça, depois de cobrança de escanteio de Dudu.
No segundo tempo o Palmeiras marcou seu terceiro gol com Dudu aos 13 minutos. O time palmeirense desperdiçou outras chances para ampliar o marcador. Sem correr riscos na defesa, o alviverde de Parque Antárctica controlou a partida até o final. O duelo teve  8.822 pagantes com renda de R$ 112.783,00.
O CORINTHIANS não conseguiu usar nem a força da torcida a seu favor no sábado, às 19 horas, na Arena Itaquerão. Diante de um bem treinado e técnico Grêmio de Porto Alegre, o alvinegro de Parque São Jorge não foi capaz de criar boas jogadas ou aproveitar que o goleiro adversário era a terceira opção dos gremistas no setor.
Com show de bola do autor do gol, Éverton, aos 8 minutos do 2.º tempo, o time visitante chegou a colocar o Timão “na roda” e venceu pela primeira vez no estádio.
Anteriormente os gaúchos haviam empatado três duelos e perdido dois, contabilizando um amistoso disputado durante a parada para a Copa do Mundo da Rússia.
O time do técnico Renato Gaúcho foi melhor que o Corinthians nos 45 minutos iniciais, dominou boa parte das ações ofensivas e sofreu pouco, pecando apenas na hora de finalizar as rápidas jogadas criadas, na maioria das vezes, pelo rápido Éverton.
Na volta do segundo tempo, o Corinthians continuava sendo um buraco entre ataque e defesa. Pouco conseguia criar, abusava dos erros e, aos 8 minutos, após um lindo passe de Luan, Éverton abriu o placar ao tocar na saída de Walter. Nas arquibancadas, a torcida alvinegra tentou levantar o time, mas em campo os jogadores não se encontraram.
Nos contra-ataques à disposição, o Grêmio só não ampliou o marcador porque o goleiro Walter parou bem as investidas de Éverton, Thaciano e Luan, assegurando a desvantagem mínima. A Arena Itaquerão teve 32.583 pagantes e renda de R$ 1.621.165,44.
OUTROS RESULTADOS
ONTEM
Internacional de Porto Alegre 1 x Paraná Clube 0
Atlético Paranaense 3 x Flamengo 0
Cruzeiro 1 x Bahia 1
Botafogo 0 x Atlético Mineiro 3
América Mineiro 0 x Fluminense 0
Hoje, às 20 horas, será encerrada a 19.ª rodada do Brasileirão 2018 com a partida entre CR Vasco da Gama e Ceará, no Rio de Janeiro.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias