Santos venceu clássico contra o São Paulo no Morumbi: 1 a 0

Esportes


SÃO PAULO e SANTOS realizaram um clássico de arquirrivais muito movimentado ontem, às 17 horas, no Estádio do Morumbi, válido pela 8.ª rodada do Paulistão 2018.
O Santos conquistou a sua primeira vitória em clássicos no ano. Após ser dominado no primeiro tempo, o time alvinegro praiano derrotou o São Paulo por 1 a 0, com gol do atacante Gabriel Barbosa ‘Gabigol’, marcado aos 9 minutos do segundo tempo, aproveitando passe de Eduardo Sasha.
O Tricolor teve a sua série de quatro vitórias consecutivas sem sofrer gols interrompida. O Peixe, por sua vez, chegou aos 14 pontos ganhos e se mantém isolado no primeiro lugar no Grupo D.
O clássico começou equilibrado, mas o São Paulo aos poucos conseguiu melhor domínio de bola no primeiro tempo, mas errando nas finalizações.
A parada para o intervalo não modificou o panorama do duelo: o São Paulo começou melhor na etapa complementar, enquanto o time santista ficou totalmente acuado.
Na sequência, após contra-ataque do Peixe aos 9 minutos, o atacante Gabriel Barbosa ‘Gabigol’ recebeu de Eduardo Sasha na entrada da área, sem marcação. O chute saiu forte e rasteiro no canto esquerdo do goleiro Sidão, sem chance de defesa.
Com algumas mudanças feitas pelo técnico Dorival Silvestre Júnior, o São Paulo não conseguiu criar mais chances de gol, ao passo que o Santos administrou bem a vantagem para ganhar o seu primeiro clássico na temporada.
SÃO PAULO - Sidão, Éder Militão, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei, Petros e Christian Cueva (Brenner); Marcos Guilherme (Valdívia), Diego Souza (Santiago Tréllez) e Nenê. Técnico Dorival Silvestre Júnior.
SANTOS - Vanderlei, Daniel Guedes, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Jean Mota; Alison, Renato (Léo Citadini) e Emiliano Vecchio; Eduardo Sasha (Arthur Gomes), Gabriel Barbosa ‘Gabigol’ e Jonathan Copete (Guilherme Nunes). Técnico Jair Ventura Filho.
Raphael Claus, de 39 anos, foi o árbitro com trabalho que não comprometeu. A renda atingiu R$ 952.804,00, com 36.118 pagantes.
O PALMEIRAS encarou a Ponte Preta ontem, às 19h30min, no Estádio ‘Moisés Lucarelli’, em Campinas, com gramado muito encharcado devido às chuvas, e empatou em 0 a 0, o segundo empate seguido do Verdão no certame estadual.
Os times tentaram se adaptar às condições do gramado no primeiro tempo, criando poucas oportunidades de gol. Os goleiros Jailson e Ivan pouco trabalharam nos 45 minutos iniciais.
 
No segundo tempo prevaleceu o equilíbrio nas ações em campo. Aos 14 minutos, o meia Alejandro Guerra perdeu boa chance para o Palmeiras ao atirar para fora à frente do goleiro Ivan. Aos 23' foi a vez do lateral esquerdo Orinho, que arrematou forte e a bola tocou na trave do Verdão. Aos 35' Dudu finalizou com perigo rente à trave, quase abrindo o placar para os palmeirenses. E novamente Dudu num chute exigiu boa defesa do goleiro Ivan a escanteio aos 42'. O pontepretano Orinho exigiu bela defesa do goleiro Jailson aos 46'. Mais de 3 mil torcedores presenciaram o jogo num dia muito chuvoso em Campinas. Há 14 anos, Palmeiras e Ponte Preto não empatavam em 0 a 0.
 
OUTROS RESULTADOS
SÁBADO
 
Santo André 1 x Bragantino 1
São Caetano 1 x Ferroviária de Araraquara 0
 
ONTEM
Mirassol 1 x Ituano 1
São Bento de Sorocaba 0 x Botafogo de Ribeirão Preto 0
Nesta segunda-feira, às 20 horas, no Estádio ‘Moisés Lucarelli’, em Campinas, o Corinthians enfrentará o Red Bull Brasil, e o CA Linense jogará contra o Grêmio Novorizontino no mesmo horário no Estádio ‘Gilberto Siqueira Lopes’, em Lins, encerrando a oitava rodada da Série A-1 do Campeonato Paulista, o chamado Paulistão 2018.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias