Sabesp de Tupã mantém 79 hidrantes em funcionamento

Geral


O período de seca aumenta o risco de novos incêndios, tanto na área rural como na urbana. E não é somente as pastagens que se tornam combustível para as chamas nesse período do ano. O clima seco também proporciona queimadas em áreas próximas a prédios residenciais, lotes, praças e terrenos baldios. Uma das alternativas do Corpo de Bombeiros para ajudar a debelar incêndios na área urbana é o uso dos hidrantes.
A assessoria de comunicação da Sabesp destacou que Tupã possui 79 hidrantes mantidos pela estatal. “O poder concedente (prefeitura)  transfere para a companhia a operação dos sistemas de água e esgoto do município, por meio de um convênio com o Governo do Estado. Em Tupã, também existem hidrantes particulares, pelos quais a Sabesp não responde”, informou.
Vale lembrar que as vistorias junto aos hidrantes devem ser realizadas regularmente, visando verificar se os equipamentos apresentam funcionamento normal, e a qualidade de vazão e pressão de cada um deles.
Em caso de necessidade de algum reparo ou manutenção quanto à rede de fornecimento de água, é preciso acionar a Sabesp, que tem a responsabilidade de manter o sistema em condições de uso, junto à Prefeitura de Tupã.

Sinalização
É importante alertar sobre um fator que pode dificultar, e muito, a vida dos bombeiros na hora de utilizar um hidrante: alguns condutores de veículos insistem em estacionar junto aos hidrantes - e, com isso, em caso de necessidade, não será possível acessar o dispositivo.
Para quem não sabe, o Código Brasileiro de Trânsito, em seu artigo 181, estabelece que estacionar junto a hidrantes configura infração de natureza média, com pena de multa, inclusão de quatro pontos no prontuário de habilitação do condutor e remoção do veículo. “Em frente aos hidrantes não é permitido estacionar e há sinalização em todos os 79 dispositivos existentes na sede do município e nos distritos, de acordo com a Instrução Técnica 34/2011 do Corpo de Bombeiros - Polícia Militar do Estado de São Paulo”, acrescentou a Sabesp, em nota.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias