Reciclagem: Baixa produção afeta trabalhos da Coretup

Geral


A redução na coleta de materiais recicláveis fez a Coretup (Cooperativa dos Recicladores de Tupã) desligar 17,5% dos seus fun-cionários no último mês. “Os funcionários da Coretup não estão mais trabalhando de sábado devido a queda no recolhimento dos materiais”, afirmou o presidente da coperativa, Rafael Oliveira. 
A chegada das baixas temperaturas e o depósito de materiais recicláveis realizado em outro barracão, são os principais motivos que contribuíram com a queda da coleta na cooperativa.

Oliveira disse que existe previsão da Prefeitura de Tupã encaminhar todos esses materiais novamente ao barracão da Coretup. “A prefeitura está arrumando nossa esteira e o rolete para que possamos coletar mais materiais. Dos cinco caminhões que recebemos por dia, um é de lixo orgânico e não aproveitável”, salientou.
Segundo o presidente da Coretup, a queda na coleta dos materiais praticamente esvaziou os estoques de produtos recicláveis no barracão.  “Isso vai afetar o pagamento do pessoal neste mês. Já estamos no dia 20 e não fizemos nenhuma carga ainda”, destacou. “Sete colaboradores foram desligados no último mês. Hoje estamos com 33 funcionários, porque os serviços estão em falta”, completou. 

Oliveira acredita que, após o conserto dos equipamentos e com a normalidade da coleta, a Coretup possa contratar cerca de 15 pessoas.
O presidente destacou que a disputa pela coleta de materiais recicláveis aumenta com a presença de catadores de lixo nas ruas. “Isso atrapalha o nosso serviço, porque eles pegam os melhores materiais antes da coleta feita pela prefeitura”, disse.
Oliveira explicou que, em geral, o preço dos materiais plásticos tiveram queda de 20%, com a chegada das baixas temperaturas. “O preço da garrafa pet caiu R$ 0,20 e hoje está a R$ 2,30 o quilo. O quilo do papelão teve queda de R$ 0,05 e custa R$ 0,49”, afirmou.

No período de baixas temperaturas, a Coretup estima redução na coleta de materiais plásticos como garrafas pet e sacolas de supermercado por exemplo. “Por causa do frio, as pessoas bebem menos refrigerante e evitam lavar a casa, o que reduz a compra dos materiais de limpeza”, observou o presidente.
Oliveira destacou que a população pode levar seu lixo reciclável diretamente no barracão da Coretup, localizado na estrada vicinal São Gonçalo, próximo ao aterro sanitário. Os materiais recicláveis podem ser entregues no local de segunda a sexta-feira, das 8 às 16h30 min.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias