Ramal ferroviário: Rumo Logística diz que espera liberação do TCU para começar obra

Geral


Na última quinta-feira representantes da Rumo Logística; o governador do Estado de São Paulo, Márcio França; secretário de Logística e Transportes, Mário Mondolfo; prefeito de Dracena, Juliano Brito Bertolini; deputado estadual Reinaldo Alguz e autoridades e lideranças políticas da região estiveram reunidos no salão nobre da Faculdade Reges de Dracena para discutir a renovação da malha paulista e a reativação do ramal ferroviário Bauru-Marília-Tupã-Panorama.
Durante o encontro, a empresa Rumo Logística apresentou os investimentos realizados a partir de 2015, na ordem de R$ 6 bilhões, que permitiram ultrapassar a marca de 36 milhões de toneladas transportadas no ano passado, e o planejamento de investir no projeto mais de R$ 6 bilhões, condicionando à renovação antecipada da malha paulista nas regiões da Alta Paulista, Sorocabana e Noroeste Paulista.
O ramal ferroviário Bauru-Marília-Tupã-Panorama compreende a extensão de mais de 350 km e será uma alternativa de transporte de carga para o escoamento das produções regionais até o Porto de Santos, beneficiando o desenvolvimento e  o crescimento dos mu-nicípios.
O gerente de relações governamentais da Rumo Logística, Emanoel Tavares Costa Junior, destacou a importância do transporte ferroviário para a região, em virtude do crescimento e desenvolvimento de vários segmentos da economia. “Mais do que nunca, o Brasil necessita de investimentos no setor logístico e as ferrovias são a solução para o escoamento da produção nacional ao lado dos modais rodoviário e hidroviário”, disse sobre o projeto de investimento na reativação do ramal ferroviário que passa por Tupã.
O prefeito José Ricardo Raymundo, que participou da reunião, considerou muito importante a reativação da malha ferroviária, ainda que seja apenas para o transporte de cargas, pois isso, em sua opinião, irá beneficiar o crescimento e desenvolvimento regional, além de baratear custos para o transporte de cargas das empresas.
Já o secretário de Logística e Transportes, Mário Mondolfo, destacou que a região é privilegiada com a logística de transporte ferroviário e destacou o pólo importante, além de outros ramais que interligam a malha paulista.
Finalizando o evento, o governador Márcio França disse que os investimentos a serem realizados pela Rumo Logística e mais o empenho do governo estadual junto ao governo federal para a renovação da malha paulista, irão gerar mais empregos e renda.
Após o término do evento, o governador Márcio França concedeu uma entrevista coletiva para a imprensa. Ele disse que irá interferir junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) para que seja feita mais depressa o processo de autorização para começar a obra de reativação do ramal ferroviário. “A gente quer que faça em dois meses para aprovação e assim começar a obra de mais de R$ 6 bilhões”, disse.
Márcio França disse que, em contato com a Rumo Logística, a mesma informou que assim que o Tribunal de Contas da União (TCU) dar o parecer de aprovação, irá começar a obra.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias