Polícia Civil recupera gado furtado, apreende arma e droga

Policial


A Polícia Civil de Rinópolis solucionou, na tarde de quarta-feira, um crime de furto de bovinos e conseguiu recuperar dois animais e a carne de outro que havia sido abatido, além de apreender um revólver calibre 38 municiado com 5 cartuchos, que estava na posse de um adolescente de 17 anos.
Segundo o delegado Flávio Delgado de Melo, após tomar conhecimento de que três cabeças de gado haviam sido subtraídas de uma propriedade rural naquele município, “os policiais civis passaram a realizar diligências com o intuito de recuperar os animais furtados”.
O delegado informou ainda que “foi identificado o motorista responsável pelo transporte dos animais, o qual indicou onde havia deixado duas cabeças de gado. No pasto, onde estavam os animais, os policiais civis estavam diligenciando quando foram surpreendidos com a chegada do adolescente, de 17 anos de idade, conhecido dos meios policiais, o qual transitava com um veículo Fiat Strada”.

Flávio Delgado de Melo disse ainda que o menor foi abordado e imediatamente indagado sobre os animais, “tendo admitido a subtração dos mesmos. Em seu poder foi apreendida uma porção de maconha e no interior do veículo, entre os bancos, foi localizado um revólver, marca Taurus, calibre 38, municiado com cinco cartuchos intactos”.
O delegado revelou ainda que em continuidade às diligências, “foi identificado o proprietário de um açougue que teria adquirido a terceira cabeça de gado. No estabelecimento, foi encontrada a cabeça e toda a carne do animal já abatido. Ainda com a colaboração do próprio comerciante, foi localizado o couro do animal, o qual foi reconhecido pela vítima, inclusive com uma marca já sobreposta sobre sua marca original”.

Flávio Delgado de Melo contou que “diante de todos os elementos colhidos, todos os envolvidos foram conduzidos à unidade policial, para as providências pertinentes. As duas cabeças de gado localizadas no pasto e o animal já abatido foram apreendidos e restituídos à vítima. O adolescente foi ouvido na presença de seu pai e liberado”.
O delegado salientou que “o mesmo adolescente, no dia anterior, já havia subtraído outra cabeça de gado do mesmo pecuarista, a qual já havia sido recuperada anteriormente”.
“A Polícia Civil agora vai apurar a conduta do comerciante, que adquiriu o animal furtado. Fica o alerta aos comerciantes e sociedade em geral no sentido que estejam sempre atentos quanto à procedência daquilo que estão comprando”.

As diligências foram realizadas pelo delegado Flávio Delgado de Melo, investigador Pacheco e escrivães Edmilson e Adão, com colaboração do investigador Claudinei, da Polícia Civil de Parapuã.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade