Parapuã: Ônibus quebra e universitários ficam na estrada

Geral


Os universitários de Parapuã que estudam nas instituições Faccat, Universidade Brasil e Unesp voltaram a ter problemas com o transporte até Tupã na terça-feira (12).
Mesmo pagando mensalidade de R$ 45,00 como todos os demais universitários da cidade para a prefeitura, os alunos reclamam das condições diferentes em que são transportados, se comparadas com aquelas oferecidas aos universitários das Faculdades Fadap-FAP. 
A prefeitura parapuense tem colocado na linha microônibus configurados para o transporte escolar, ao passo que os alunos da Faculdade de Direito são transportados em veículos rodoviários terceirizados e adequados.
Novamente, os universitários tiveram problemas na noite de terça-feira. Eles tiveram que embarcar em um veículo que levava outros estudantes para a Fadap-FAP.
Os reclamantes afirmam que já notificaram a prefeitura sobre o problema, mas a situação persiste. Os universitários se dizem discriminados pela prefeitura.
A assessoria de imprensa da prefeitura disse não iria se pronunciar a respeito do caso.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias