Palmeiras vence e é vice-líder do Brasileirão; Santos e Corinthians perdem e São Paulo fica no empat

Esportes


Com a derrota do Santos na 19.ª rodada (última do 1.º turno) para o líder isolado CR Flamengo, no Estádio do Maracanã, o Palmeiras venceu em casa e assumiu a vice-liderança do Brasileirão 2014, ficando o Peixe na terceira colocação.
O SANTOS sofreu com Gabriel Barbosa, que ganhou o apelido de Gabigol nas categorias de base do Peixe. No sábado, às 17 horas, no Estádio do Maracanã, o atacante colocou toda sua categoria em prática para reforçar a fama de ‘matador’ justamente contra o clube que o criou para o futebol.
Com uma batida cavada, de fora da área, a la Ronaldo Nazário, o Fenômeno, contra o mesmo Santos, o artilheiro da Série A do Campeonato Brasileiro encobriu o goleiro Éverson, aos 43 minutos do primeiro tempo, chegou a 16 gols na competição - 30 no ano - e garantiu a vitória do CR Flamengo por 1 a 0 frente a 68.243 pessoas, com renda de R$ 3.328.050,95.
O triunfo também deu ao rubronegro o título simbólico do primeiro turno. Com 42 pontos ganhos, os cariocas deixaram o Santos para trás, agora estacionado com 37 pontos depois de 19 rodadas e com a terceira colocação.
O confronto foi equilibrado na etapa inicial, tendo os donos da casa mais posse de bola, mas os santistas com contra-ataques perigosos. Os times tiveram oportunidades claras de gol, porém, os dois ficaram devendo.
Com os ânimos quentes, o segundo tempo teve cartões para os dois técnicos gringos, muitas substituições, mas pouco a se falar sobre lances de gol.
O PALMEIRAS jogou no sábado, às 19 horas, na Arena Allianz Parque, encerrando o primeiro turno do Brasileirão e venceu o Cruzeiro por 1 a 0, resultado que garante a vice-liderança do torneio nacional.
Com 39 pontos ganhos, o Palmeiras supera o Santos (37) e fica atrás do CR Flamengo (42).
O Verdão ditou o ritmo do jogo no primeiro tempo e teve boa posse de bola, principalmente no campo de ataque, mas sofreu para chegar ao gol adversário de forma consistente.
A equipe alviverde de Parque Antárctica inaugurou o marcador aos 45 minutos do primeiro tempo com gol do meio-campista Bruno Henrique aproveitando rebote da zaga e estufando as redes do Cruzeiro.
No segundo tempo, o time palmeirense dirigido pelo técnico Mano Menezes trocou muitos passes e foi envolvente em alguns momentos, mas não conseguiu ampliar o placar. A renda atingiu a R$ 2.267.761,50, com 35.578 pagantes.
O CORINTHIANS encerrou sua campanha no primeiro turno da Série A do Campeonato Brasileiro ontem, às 16 horas, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.
Com um “frangaço” do goleiro Cássio aos 39 minutos do primeiro tempo, o alvinegro de Parque São Jorge perdeu por 1 a 0 para o ameaçado Fluminense e deixou o grupo dos quatro primeiros colocados.
O Timão perdeu também sua invencibilidade de 14 jogos, contabilizando 32 pontos ganhos, um a menos que o Internacional de Porto Alegre, e cai para o quinto lugar do Brasileirão 2019.
No primeiro tempo, os times se lançaram ao ataque, mas com pouca criatividade para ameaçar as metas de Cássio e Muriel. Isso até aos 39 minutos, quando ocorreu a falha grave do goleiro corintiano num arremate defensável de fora da área do meia Paulo Henrique Ganso.
O Corinthians voltou melhor para o segundo tempo e tentou aumentar seu volume de jogo em busca do empate, todavia, não conseguiu. A renda foi de R$ 1.440.560,00, com 15.735 pagantes.
O SÃO PAULO atuou diante do CSA Alagoas, um dos integrantes da zona de rebaixamento, ontem, às 19 horas, no Estádio do Morumbi, e empatou em 1 a 1, encerrando o primeiro turno do Brasileirão.
No primeiro tempo ocorreu domínio total do tricolor, que pressionou bastante no ataque, criou várias oportunidades para marcar e não conseguiu anotar gol. O CSA só esteve no setor ofensivo três vezes, sem levar perigo à meta de Tiago Volpi. Já o goleiro Jordi saiu cansado de campo com o bombardeio sãopaulino, especialmente nos minutos derradeiros da etapa inicial. Ele praticou boas defesas, auxiliado pelos batalhadores zagueiros do time alagoano.
O CSA voltou melhor no segundo tempo. Depois de Euler arrematar uma bola na trave aos 4 minutos, a equipe de Alagoas abriu o placar aos 10' após boas jogadas de Apodi, Alecsandro e Naldo, sobrando a bola para Héctor Bustamante concluir para as redes: 1 a 0.
O São Paulo estava um tanto disperso, mas se recuperou e pressionou bastante, como o fizera no primeiro tempo, e assim chegou ao empate aos 42 minutos. Após cobrança de falta pelo experiente lateral direito Daniel Alves, o goleiro Jordi saiu atabalhoado da meta e a bola se ofereceu a Reinaldo, que finalizou para empatar o duelo: 1 a 1. Nos minutos finais o time sãopaulino sufocou o adversário, mas não conquistou a vitória de virada, com protestos dos torcedores.

OUTROS RESULTADOS

SÁBADO
Chapecoense 1 x Vasco da Gama 2
Ceará 0 x Botafogo 0

ONTEM
Atlético Mineiro 1 x 
Internacional de 
Porto Alegre 3
Athletico Paranaense 0 x Avaí 1
Bahia 1 x Fortaleza 1
Grêmio de Porto Alegre 3 x Goiás 0

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade