Obras: Levantamento definirá o recapeamento em novas ruas

Geral


26/3/2020 - A Prefeitura de Tupã iniciou o recapeamento asfáltico de diversas ruas, localizadas, principalmente, na região central da cidade, onde existe maior fluxo de veículos. Vale lembrar, porém, que diversas ruas de bairros periféricos continuam sem esses investimentos, esperando por novos serviços de recuperação asfáltica.
O secretário Municipal de Planejamento, Valentim Bigeschi, disse que a prefeitura possui projeto de readequar as vias mais afastadas da região central da cidade, dentro de um novo pacote de obras estimado em cerca de R$ 10 milhões. Os recursos serão obtidos por meio do empréstimo realizado com a Caixa Econômica Federal, dentro do programa Finisa (Financiamento à Infraestrutura e Saneamento).

O convênio com o governo federal, avaliado em R$ 18 milhões, foi assinado no início deste mês de março, mas os recursos ainda não foram liberados para o município.
O prefeito Caio Aoqui (PSD) explicou que R$ 10 milhões serão utilizados para o recapeamento asfáltico do município e R$ 8 milhões para renovação da frota municipal, com a compra de novos veículos e maquinários.

Bigeschi explicou que a Prefeitura de Tupã está finalizando o levantamento para saber quais ruas farão parte do novo pacote de recapeamento asfáltico. De acordo com o secretário, o levantamento está sendo realizado com base em dados da prefeitura, sugestões da população e de vereadores. “Acredito que, até a semana que vem, tenhamos realizado esse levantamento”, afirmou.

Novos trabalhos

O secretário explicou que, desde o ano passado a prefeitura intensifica os trabalhos de recapeamento asfáltico, inclusive, recuperando diversas ruas, com novas etapas da operação  “tapa-buracos”, em todas as regiões da cidade. “Antes, a prefeitura estava trabalhando com duas frentes de trabalho. Agora, está com cinco”, disse. “Estamos, até mesmo, ativando o caminhão de lama asfáltica para ampliar esses serviços”, afirmou.

Bigeschi destacou que muitas ruas estão já por um longo tempo sem receber o recapeamento asfáltico, o que prejudica ainda mais a qualidade e a estrutura da malha viária do município. “Não podemos ficar um longo tempo sem  rejuvenescer  essas ruas. E a prefeitura ficou por um bom tempo sem realizar esses serviços”, disse. “Agora vamos atender uma demanda ainda maior com os serviços de  tapa-buracos “, acrescentou.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade