Herculândia: Acidente de trânsito termina em agressão e disparo de arma

Política


4/5/2021 - Um grupo de moradores de Herculândia, cujo total não foi informado, foi acusado de agredir uma pessoa residente na mesma cidade e disparar um tiro para o alto em via pública, depois de um acidente de trânsito que envolveu agressores e vítima, na tarde de domingo, dia 2.
A ocorrência de natureza “disparo de arma de fogo/lesão corporal e apreensão de veículo e munições de arma de fogo” foi registrada pela Polícia Militar de Herculândia, com o cabo Clóvis, com apoio da PM de Tupã, Força Tática do 1º sargento Rogério, cabo Avellaneda e soldado Vagner, CGP II com o 1º sargento Dias e cabo Bruno e equipe do cabo Moreno e soldado Matheus.
Por volta das 18h30 min, os policiais militares foram acionados via Copom para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo em via pública em Herculândia. Ao chegarem no local, os PMs notaram várias pessoas em via pública e, de forma estratégica, realizaram contato com a vítima, que apresentava um ferimento no rosto em virtude de agressões.
Ainda segundo os policiais, a vítima relatou que teve um desentendimento de trânsito com os ocupantes de um Gol de cor prata e foi seguido até sua residência, onde os acusados desembarcaram, invadiram sua casa e lhe agrediram. A vítima informou ainda que um dos envolvidos sacou uma arma que portava na cintura e efetuou um disparo para o alto.

Os policiais militares, que localizaram uma cápsula de pistola calibre 765 caída em via pública, apuraram que após a agressão e o disparo de arma, o grupo entrou no Gol e fugiu. Durante diligências pela cidade, a equipe de Força Tática avistou um veículo Gol pela Rua Pedro de Toledo, porém, os ocupantes, ao perceberem a aproximação da viatura, abandonaram o carro e fugiram a pé por uma área de mato existente no final da rua. Durante revista no veículo, os policiais localizaram em seu interior seis munições calibre .765, idênticas à cápsula localizada no local dos fatos, uma munição de calibre 38 e um celular. Foram realizadas diligências, porém, os indivíduos não foram encontrados.
A Polícia Militar informou que no momento que os PMs aguardavam a chegada do guincho para recolhimento do veículo, compareceu no local um senhor alegando que seu sobrinho havia entrado em contato e solicitado que buscasse o Gol no local. O homem foi conduzido para esclarecimentos dos fatos. O automóvel e objetos foram levados para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) onde foram apreendidos e as demais providências foram tomadas.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade