CULTURA: Festival de Teatro tem programação definida

Geral


Em cerimônia realizada na Sala de Reuniões “Valter Zômpero”, na manhã de ontem (20), o secretário Municipal de Cultura, Renato Gonzalez, divulgou informações oficiais a respeito da 19ª edição do Festival de Teatro, Dança e Contação de Histórias. A entrada será um litro de leite, que depois será destinado para entidades beneficentes. O evento conta com o apoio do Sindicato dos Comerciários de Tupã e Poiesis.

O festival terá sua cerimônia de abertura neste sábado (25), às 19h30 min, no Buffet Miriam Maria, já contando com algumas apresentações. A programação conta com 21 espetáculos entre dança, teatro e contação de histórias, duas oficinas, e diversas exposições. Além do Buffet, haverá também apresentações no Clube dos Comerciários e Espaço das Artes. As oficinas serão ministradas na Biblioteca Municipal.
O secretário Municipal de Cultura, Renato Gonzalez, agradeceu o apoio, destacou a importância do festival, anunciou o homena-geado e convidou a população para prestigiar e participar das atrações disponibilizadas pelo evento. “É com grande alegria que finalmente divulgamos as informações oficiais a respeito do festival. Parabenizo o homenageado da edição, Fábio Dias, pois sempre trabalhou na realização e organização deste festival e teve sua homenagem ainda em vida neste festival por meio desta edição. Convido a população para prestigiar e participar das atrações deste evento”, convidou.

Sobre o 
festival

O festival está em sua 19ª edição, é organizado pela Secretaria Municipal de Cultura e integra o Prêmio Nacional de Artes da Estância Turística de Tupã. O festival tem como objetivos a popularização da dança, do teatro, da arte circense e da contação de histórias no município de Tupã e região, o fomento do intercâmbio artístico com outras cidades brasileiras e a cultura e o turismo local.

Sobre o 
homenageado

O homenageado da 19ª edição do festival é Fábio Andrade Dias, nascido em 3 de abril de 1970, filho de Ariovaldo Dias e Nair do Carmo Andrade Dias. Graduado em pedagogia pelas Faculdades Faccat de Tupã (2011), pós-graduado em gestão em educação, também pelas Faculdades Faccat de Tupã (2014), graduado em artes pela Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES - 2015) e professor do curso de pedagogia das Faculdades Faccat (desde 2012).

Foi diretor, ator e contraregra da encenação da “Paixão de Cristo” (de 1986 a 1988); diretor, cenógrafo e sonoplasta da encenação da “Paixão de Cristo”, como teatro de rua (de 1989 a 1994); diretor e sonoplasta do espetáculo “O diabo é meu amigo” (1990).

Foi fundador do Grupo Teatral Amigos da Arte, com alunos da Escola Estadual “Luiz de Souza Leão”, que mais tarde se tornaria a Cia. Ágora de Teatro (2000); diretor do espetáculo “O diabo é meu amigo” nas fases municipal e regional do Mapa Cultural Paulista (2000); ator no espetáculo “A Pacificadora” (2002); diretor do espetáculo “Uma Consulta” no 1º Festival de Teatro Amador de Tupã (2002); diretor do espetáculo “O Filho do Carpinteiro”, no 2º Festival de Teatro Amador de Tupã (2003); diretor do espetáculo “Os Bolinhos da Mamãe”, na V Mostra Teatral de Esquetes, em Araçatuba (2003); diretor do espetáculo “Os Saltimbancos”, no Festival de Música, Dança e Teatro da Secretaria de Estado da Educação (2003).

Já em 2004, foi diretor do espetáculo “Os Bolinhos de Dona Severina”, no 3º Festival de Teatro Amador de Tupã; em 2005, foi diretor e iluminador do espetáculo “Pluft, O Fantasminha”, no 4º Festival de Teatro Amador de Tupã, e nas fases municipal e regional do Mapa Cultural Paulista. Já em 2009, foi diretor e iluminador do espetáculo “Maria Borralheira”, no Projeto Teatro Itinerante de Férias 2009; foi também diretor e iluminador do espetáculo “Maria Borralheira”, nas fases municipal e regional do Mapa Cultural Paulista; e ainda fundador e presidente da Ágora Organização Artística e Cultural de Tupã.

No ano de 2010, foi diretor e iluminador do espetáculo “Maria Borralheira”, em diversas localidades do município de Tupã e região. De 2010 a 2018, foi diretor e sonoplasta da encenação da “Paixão de Cristo”, na Praça da Bandeira, em Tupã.

De 2010 a 2017, foi organizador da Mostra Cultural Estudantil “Professor Altino Martinez”, realizado pela Ágora Organização Artística e Cultural de Tupã, com os alunos das escolas públicas e particulares de Tupã e região. 

Em 2019 foi escolhido para ser o homenageado na 19ª Edição do Festival de Teatro, Dança e Contação de Histórias, integrando o Prêmio Nacional de Artes da Estância Turística de Tupã.

Corpo de 
debatedores

A presente edição contará com os seguintes nomes para compor o corpo de debatedores: Ataíde Herrero Mantovanelli, Zilá Soler Fernandes Herrero, Ana Cláudia Pinheiro S. Faustine, Nelson de Abreu e Eduardo Rocha Duran.

Oficinas

* Oficina de Contação de Histórias - nos dias 25 e 26 de maio, às 8 horas, na Biblioteca Municipal “Professor Tobias Rodrigues”. Fernanda Munhão (formada em jornalismo, letras, pedagogia, e mestre em literatura) ministrará uma oficina com o tema “Contação de Histórias através de recursos simples”. As inscrições podem ser feitas na Secretaria Municipal de Cultura de Tupã, até o dia 24.

* Oficina de criação de projetos - no dia 27, às 8 horas, na Biblioteca Municipal “Professor Tobias Rodrigues”. Evandro Júnior Ferreira da Silva (curso técnico com habilitação em magistério, Votuporanga; bacharelado em turismo, UNIFEV - Centro Universitário de Votuporanga; MBA em gestão de projetos (P.M.I. P.M. Book) na UNIFEV - Votuporanga; pós-graduação lato sensu em cultura e arte barroca - UFOP - Universidade Federal de Ouro Preto-MG) ministrará uma oficina de elaboração de projetos culturais, destinados a artistas e funcionários da secretaria. As inscrições podem ser feitas na Secretaria Municipal de Cultura de Tupã, até o dia 24.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade