Covid-19: Artesp autoriza as empresas a realizarem readequação operacional

Geral


Diante do cenário de pandemia da Covid-19 no Brasil, algumas medidas foram tomadas nas esferas municipal, estadual e federal, no que diz respeito à suspensão e redução de linhas no transporte rodoviário.
Em Tupã, por exemplo, o prefeito Caio Aoqui determinou o fechamento do Terminal Rodoviário “Geraldo Seiscentos”, a fim de prevenir e combater o coronavírus. Mas as empresas já não vinham operando.
Em nota, a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) divulga orientações e recomendações às 91 empresas de ônibus que integram o Sistema Intermunicipal de Transporte de Passageiros do Estado, para a prevenção ao contágio do novo coronavírus. Atualmente, o sistema transporta diariamente mais de 320 mil passageiros em média nas modalidades suburbana e rodoviária, que somam mais de 12 mil viagens diárias no Estado, segundo a agência.
Para tanto, autoriza as empresas a realizarem readequação operacional, considerando a redução da demanda devido às medidas tomadas pelas empresas em geral - adoção de home office para parte dos funcionários ou mesmo a interrupção de atendimento, como no caso de escolas e instituições de ensino superior.
“As empresas de ônibus poderão reduzir em até um terço o número de horários oferecidos, desde que os índices de ocupação atendam aos parâmetros estabelecidos pela legislação que regulamenta o serviço (Decreto 29.913/89). A suspensão dos horários não pode ocorrer quando houver passagens vendidas antecipadamente. A Artesp irá acompanhar essa medida e poderá determinar a retomada de horário suspenso se entender que isso é necessário”, explicou em nota.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade