BUXIXO

Política


10/8/2020 -
Female dry worman
Em um conhecido estabelecimento comercial da cidade, a placa é clara, considerando a frequência do local, especialmente depois da meia noite.

Saldo negativo
Não deu muito certo uma pescaria organizada por um grupo em um destes finais de semana. Apesar da animação, os pescadores, que utilizaram máscara e mantiveram o distanciamento, conseguiram pegar apenas dois mandis e um cágado, que foram devidamente reinseridos em seu habitat. A culpa, dizem os organizadores, foi do jovem Henrique “Prefeito de Varpa”  Hanamoto, que esqueceu a maleta com a tralha, mas não o “cooler”.

Prometendo
Advogados vêm trabalhando loucamente para tentar acelerar o andamento de alguns processos, segundo apurou a misteriosa colaboradora deste poderoso rotativo, que assina apenas como Perséphone. Ela explicou, em mensagem cifrada publicada nos classificados de um jornal de grande circulação em Parnaso, que tem dois ex-prefeitos loucos para retomar a cadeira e que, para isso, estariam queimando os últimos cartuchos junto ao judiciário.
A informação, sempre oficiosa, é que, se conseguirem reverter seus processos, tanto Waldemir “Trator”  Gonçalves Lopes quanto José Ricardo “Stallone”  Raymundo com certeza estarão na briga. E mais: não está descartada a possibilidade de se formar uma chapa que una os dois nomes. Tudo já está sendo negociado nesse sentido.

Muita dedicação
Homenagear os mortos é uma coisa nobre, que é inerente ao comportamento social e um dos ritos mais tradicionais da humanidade. Mas, na Câmara Municipal, este procedimento está passando dos limites. Segundo informações vazadas por um X-9, há entre os vereadores uma disputa grande pelo direito de fazer a moção de condolências a cada novo falecido.
Funciona mais ou menos assim: quem fala primeiro que vai fazer a moção, impede os demais de propor a mesma homenagem, segundo o Regimento Interno. Por isso, tem gente avisando que vai honrar o defunto minutos depois do passamento ou, em alguns casos, até mesmo antes da morte.

Elogios
O prefeito Caio “Subarashi” Aoqui não poupou elogios ao deputado federal Luiz Carlos “Cafeeira Sapag”  Motta, durante a visita que o parlamentar fez à cidade na semana passada. Tanta “rasgação de seda” tem um motivo: os estrategistas políticos e conselheiros do chefe do “Gabinete Amarelo” consideram imprescindível o apoio do PL de Motta para que a campanha do grupo rumo à “Casa Branca” deslanche.
Depois de discursos inflamados e elogios escancarados, o chefe da “Casa Branca” se reuniu a portas fechadas com o deputado e o articulador do PL em Tupã, Amauri  “Ovelha” Mortágua. Apesar de toda tecnologia empregada, o agente Zelmo Zique, especialista em escuta clandestina do SMI, o importado Serviço Municipal de Informações, não conseguiu apurar o que foi conversado. Nem mesmo a poderosa ATIM (Associação Tupãense de Imprensa) conseguiu alguma informação.

Carta na manga
Apesar do encontro secreto entre o prefeito e os representantes do PL de Tupã, o espião X/X, infiltrado do SMI, o sempre equivocado Serviço Municipal de Informações, relatou antes de seu desaparecimento que o partido de Luiz Carlos “Caffeira Sappag” Motta tem entre seus quadros um empresário de renome que poderia entrar na briga pela “Casa Branca”.

Falando besteira
Um pré-candidato a vereador e advogado da cidade publicou em sua página em uma das redes sociais mais acessadas, uma tabela contendo os rendimentos de alguns funcionários da “Casa Branca” e da “Caixinha Azul”. Para alardear os valores, ele elaborou um quadro, no qual afirma que os vencimentos divulgados são mensais.
Isso deixou muita gente irritada, já que os salários divulgados na rede social não correspondem à realidade. De acordo com uma cartinha recebida pela recepcionista do SMI, a sedutora Judite Jolie, na portaria deste poderoso rotativo, alguns valores estão completamente distorcidos.
Ou seja, constam, realmente, no Portal da Transparência, mas não equivalem ao vencimento mensal, mas ao holerite de apenas um mês, no qual foi pago também o 13º salário. A carta anônima encerra com uma frase pesada:  “um indivíduo que se pretende advogado e pleiteia vaga no respeitado Legislativo deveria, no mínimo, ter capacidade, discernimento e entendimento para fazer pesquisas em um portal público de internet. Mais, deveria ter a responsabilidade de averiguar a verdade dos fatos antes de divulgá-los”.
Não foi possível identificar o autor da singela cartinha, mas, a julgar pelo alto nível do vocabulário empregado, que utiliza as mais finas palavras da última ‘’Flor do Lácio’’, pode-se deduzir que o escriba tem formação universitária e um extenso vocabulário. Provavelmente, alguém da área de Humanas.

Perguntas que esperam respostas
- Como anda a investigação sobre o Gol sob a lona?
- Será que Valter “Nanico” Panhossi está mesmo fora da política?
- Quem é o pré-candidato que espalha pela cidade que já está eleito?
- E o PV, será que morreu?
- Quem escreve os roteiros do programa de youtube do César ‘’Mandetta’’ Donadelli?
- Será que o PV vai mesmo lançar candidato a prefeito?
- Por que o PSDB não é mais protagonista na política tupãense?

Frase da semana
“Se eu concordar com você, nós dois estaremos errados”.
(Um vereador veterano de Tupã, encerrando uma
discussão na Praça da Bandeira na semana passada)

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade