BUXIXO

Política


30/6/2020 - buLançamento
Vendo impressora exclusiva, último lançamento, à prova de Covid-19, pois o papel já sai esterilizado com álcool 70º. Importada de Angola. Poucas unidades disponíveis. Tratar no privado.

Caso de polícia
A Polícia Civil continua ouvindo testemunhas da suposta agressão ocorrida nas dependências da “Caixa Azul”, envolvendo Luís “Cabeçada” Alves e Paulo Henrique  “Narizinho” Andrade. Vários depoimentos já foram colhidos e, de acordo com o relatório do agente Silas Silêncio, o infiltrado número 1 do SMI, o investigativo Serviço Municipal de Informações, as versões apresentadas estão mais para comédia pastelão que para drama choroso.

Quero não
A possibilidade - apenas, a possibilidade - de redução no número de cadeiras na “Caixa Azul” para a próxima legislatura tem feito muita gente rever seus conceitos: de animados pré-candidatos a decepcionados desistentes. Como as chances de eleição serão menores para os que têm votação intermediária, muita gente está desistindo da corrida, o que colocou a direção dos partidos em polvorosa.
Para manter o povo na disputa, as ofertas de apoio a determinados candidatos com potencial estão se tornando muito mais generosas. Para aqueles que não tinham tanta chance, entretanto, a tendência é retirar o pouco que foi oferecido. Para quem pegou um ofertório, é hora de devolver...

E o salário?
Principal bandeira eleitoral de um grupo de vereadores que busca a reeleição, a redução do número de cadeiras na “Caixa Azul” é defendida com unhas e dentes. Alguns destes parlamentares, entretanto, foram eleitos prometendo abrir mão do salário ou, pelo menos, lutar por uma redução nos vencimentos, mas não tocam no assunto.
Pelas ruas, o que se ouve é que um corte no valor dos salários seria mais importante que a redução propriamente dita. O enigmático “Mensageiro do Caos”, famoso analista político do bar mais mal frequentado da cidade, lembrou que um corte salarial permitiria economia mais significativa que a redução no número de cadeiras.

Passa?
As apostas estão correndo pela cidade, mas pode haver surpresa. Por enquanto, o consenso é de que a emenda apresentada pelo vereador Antônio Alves “Corguinho” de Sousa, que reduz para nove o número de cadeiras na “Caixinha Azul”, deve ser aprovada, já que a medida teria mais que os 10 votos necessários.
Mas a vidente “Madame Adelaide” teve uma visão na semana passada e mandou um whatsapp para o SMI, o poderoso Serviço Municipal de Informações, avisando que ainda há muita água para passar debaixo da ponte e que as coisas podem não ser bem do jeito que aparentam.

Eclético
Mostrando que está disposto a alianças em diversas frentes, o prefeito Caio “Tempurá” Aoqui montou uma comitiva com os vereadores Alexandre “Soquinho”  Scombatti, Eduardo “Tomodachi” Edamitsu e Gilberto “Gulliver” Neves Cruz e seguiu para São Paulo, para assinar um convênio que garante a liberação de novas casas populares para Tupã. A julgar pelas companhias, o prefeito deve vir forte na eleição que (provavelmente) ocorre neste ano, avaliou a analista Célia Celina, a mesma que anteviu a praga de gafanhotos que se desloca da Argentina para o Uruguai e pode chegar em Tupã, onde está o “Gafanhoto-Rei”.

A todo vapor
Mesmo que não seja permitido, muita gente já está usando as redes sociais em busca de promoção e, desta forma, ganhar vantagem na corrida eleitoral deste ano. Existe de tudo: aqueles que posam de “paladinos da justiça”, os que militam em causas estranhas e os tradicionais assistencialistas, que acham que função de vereador é arrumar emprego e distribuir cesta básica para o povo. A julgar pelas promessas e pelas conversas, muitos destes pré-candidatos pouco entendem sobre a função do Legislativo.

Começou
E com uma solenidade devidamente marcada pelos cuidados para evitar a disseminação do coronavírus, o médico César  “Mandetta”  Donadelli lançou sua pré-candidatura a prefeito. A solenidade só não foi mais concorrida porque em épocas de pandemia, aglomerações devem ser evitadas.
Disfarçado de garçom, o agente Lopes Leite, treinado em Cuba pelo SMI, o socialista Serviço Municipal de Informações, conseguiu apurar, enquanto servia doses de uísque 18 anos, que a chapa vem forte e que não está disposta a brincadeiras. Entre os apoiadores, presença até mesmo de um filiado ao PCdoB, partido que, no cenário nacional, é antagonista do PSL de  “Mandetta”.

Reforço
Por outro lado, o pré-candidato a prefeito Cesar “Agora Vai” Donadelli está importando um auxiliar especial para a campanha, que foi treinado no Templo Shaolin, na cidade de Dengfeng, na China, para montar a estratégia de trabalho. “Batta”, como é conhecido, só chega depois das convenções partidárias.

Perguntas que esperam respostas
- Quem foi que votou contra o aumento de salário dos vereadores, mas que agora está brigando na justiça para receber?
- Quem foi o vereador que prometeu que ia devolver os rendimentos, mas que agora quer reduzir o número de cadeiras mas não os salários?
- Você acredita que a partir do ano que vem teremos apenas nove vereadores em Tupã?
- E em Papai Noel? Você acredita?

Frase da semana
“Do jeito que eu estou vendo, tem muita gente que vai dormir pré-candidato e acordar cabo eleitoral”.
(de um conhecido político na cidade, analisando a situação atual de muitos candidatos)

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade