Balança Comercial: Exportações apresentam queda de quase 4% em maio

Geral


9/6/2021 - Apesar do superávit de US$ 29,85 milhões na balança comercial, o município de Tupã encerrou o mês de maio com queda no valor das exportações, na comparação com o igual período do ano passado.
Segundo dados do Ministério da Economia, entre os meses de janeiro a maio deste ano, as exportações realizadas pelo município renderam a quantia de US$ 33 milhões, o que representou uma redução de 3,7% em relação aos cinco primeiros meses de 2020.
As importações entre os meses de janeiro a maio deste ano foram de US$ 3,15 milhões, um aumento de 53% em relação ao igual período de 2020.

Principais produtos exportados
Entre os meses de janeiro a maio deste ano, a exportação de amendoim rendeu a quantia de US$ 29,3 milhões ao município, com redução de 9,7% em relação ao mesmo período de 2020 e participação de 89%; frutas e outras partes comestíveis de plantas, US$ 1,55 milhão, aumento de 146% e participação de 4,7% nas vendas; tortas e outros resíduos sólidos da extração do óleo de amendoim, US$ 725 mil, aumento de 84,9% e participação de 2,2% nas vendas; carnes de animais da espécie suína, frescas refrigeradas ou congeladas, com US$ 513 mil, aumento de 126% e participação de 1,6%; e óleo de amendoim, US$ 471 mil, aumento de 272% e participação de 1,4% nas vendas.

Principais países
consumidores
Nos primeiros cinco meses de 2021, as principais exportações tupãenses foram destinadas para os seguintes países: Rússia, com a compra de US$ 12 milhões, redução de 1,7% em relação ao mesmo período do ano passado e participação de 36% nas vendas; Ucrânia, US$ 4,59 milhões, aumento de 55,4% e participação de 14%; Holanda, US$ 3,77 milhões, redução de 30% e participação de 11%; Espanha, US$ 2,22 milhões, aumento de 24,7% e participação de 6,7%; e Estados Unidos, US$ 1,44 milhão, aumento de 102,8% e participação de 4,4%.

Principais produtos importados
Os principais produtos importados pelas empresas tupãenses, nos primeiros cinco meses deste ano, foram: amendoins não torrados nem de outro modo cozidos, mesmo descascados ou triturados, com o montante de US$ 2,37 milhões, aumento de 59,7% e participação de 75%; composto de outras funções azotadas, US$ 199 mil, aumento de 196% e participação de 6,3% nas compras do município; fibras, feixes e cabos de fibras ópticas, US$ 186 mil, aumento de 5,8% e participação de 5,9%; máquinas para limpeza, seleção ou peneiração de grãos, ou de produtos hortícolas secos, US$ 68 mil, aumento de 388% e participação de 2,2%; partes dos acessórios dos veículos automóveis, US$ 61 mil, redução de 17,4% e participação de 1,9%.

Principais países
fornecedores

Entre os meses de janeiro a maio deste ano, as principais importações de Tupã foram realizadas dos seguintes países: Paraguai, que exportou US$ 1,66 milhão, com aumento de 12%, ficando com participação de 53% nas vendas realizadas ao município; Argentina, US$ 782 mil e participação de 25%; China, US$ 250 mil, redução de 16,6% e participação de 7,9%; Japão, US$ 199 mil, aumento de 193,3% e participação de 6,3%; e Estados Unidos, US$ 142 mil, aumento de 39,5% e participação de 4,5%.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade