Alameda do Artesanato: Projeto de readequação foi aprovado, mas obras continuam paradas

Geral


19/11/2021 - O secretário Municipal de Obras e Trânsito, Valentim César Bigeschi, confirmou na tarde de ontem, quinta-feira, dia 18, que o DadeTur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias) aprovou a readequação do projeto original da Alameda do Artesanato, na Praça da Bandeira.
O projeto, agora, deverá contar com um piso polido que não estava previsto anteriormente. “A prefeitura notificou a empresa para retomar os trabalhos, mas a empresa está pedindo um reequilíbrio financeiro”, afirmou o secretário, ao explicar que a prefeitura irá analisar a legalidade desse pedido. Ou seja, apesar da notificação, o projeto ainda deverá continuar paralisado até o poder público resolver mais essa burocracia.

Mudanças
O secretário explicou que havia itens desnecessários no projeto, como excesso de ferro e formas, por exemplo. “Como não era preciso utilizar todos esses materiais, teríamos que devolver o dinheiro dessa sobra para o Estado”, explicou. “E para não devolver esses recursos, resolvemos fazer outros serviços complementares para aproveitar a totalidade desse dinheiro. Mas, para isso, era preciso mudar o projeto. E ele, agora, foi aprovado”, disse.

O secretário explicou, porém, que enquanto o projeto estava em análise no DadeTur, a obra ficou paralisada por mais de quatro meses. “E nesse período, os preços dos materiais subiram. E por isso, a empresa pediu esse reequilíbrio financeiro no projeto”, afirmou. Bigeschi explicou que, caso esse reequilíbrio financeiro seja aceito pelo setor técnico e realizado pela prefeitura, não será preciso novos recursos para concluir a obra. “O dinheiro destinado para o projeto é suficiente para isso. Essa é mais uma questão burocrática para ser cumprida. E esses itens são apenas pontuais”, salientou.

Histórico
Com uma longa história, o projeto da Alameda do Artesanato, na Praça da Bandeira, foi protocolado no DadeTur no dia 18 de julho de 2019, tendo completado mais de dois anos. Somente em 13 de julho de 2020 foi aberta a primeira licitação. Foram quatro tentativas até que em março de 2021 a obra foi definitivamente iniciada. Mas parou no mês de abril. Sete meses depois, o projeto continua paralisado em uma das praças de maior movimentação da cidade, inclusive com o trecho isolado.
A Alameda do Artesanato tem custo de R$ 600 mil, sendo R$ 300 mil de recursos do DadeTur e R$ 300 mil de contrapartida da prefeitura.

Sua notícia

Esta área é destinada para o leitor enviar as suas notícias e para que possamos inserí-las em nosso portal. Afim, da população ter informações precisas e atualizadas sobre os mais variados assunto

Envie a sua notícia por e-mail:

Todas as notícias

publicidade

publicidade